Blog Toques & Dicas da eNT www.nadiatimm.com

Blog Toques & Dicas, seção da Revista Eletrônica Nádia Timm - eNT

24.2.06

Bélgica lança primeiro jornal em papel eletrônico

O jornal belga De Tijd, da Antuérpia, se tornará o primeiro jornal a publicar uma versão digital do 'papel eletrônico'.

Em vez de comprar um jornal diariamente, a partir de abril 200 assinantes poderão começar o dia conectando à internet um aparelho eletrônico fornecido pelo De Tijd e então baixar o jornal.


As atualizações serão feitas automaticamente ao longo do dia.

Segundo informações da agência de notícias Deutsche Presse-Agentur (dpa), o aparelho é uma tela com a espessura de uma folha de papel e o tamanho de uma folha de jornal, repleto de microcápsulas brancas e pretas.

Quando ligado, mostra a imagem do jornal, tal qual ele é impresso em gráficas.

A 'tinta eletrônica' reproduz 16 tons de cinza. Quando o leitor aperta os botões para trocar de página ou aumentar um artigo específico, as partículas se rearranjam. 'Se o período de testes se mostrar favorável, vamos criar um modelo de negócio baseado nos resultados', disse o gerente do projeto, Peter Bruynseels.

O modelo do papel eletrônico do De Tijd custará 400 euros, mas os assinantes estão isentos. A empresa afirmou que os custos devem baixar conforme o diário eletrônico for se tornando um item de produção em massa.

O aparelho tem o tamanho de dois laptops, mas gasta 100 vezes menos energia do que um monitor de laptop comum. Se usado três horas por dia, a bateria do papel eletrônico pode durar uma semana. A capacidade de armazenamento do aparelho é de 244 megabytes, o suficiente para gravar um mês de jornais e mais 30 livros.

Bruynseels destaca também a economia em papel. Um diário como The New York Times ou The Wall Street Journal chegar a gastar 200 mil toneladas de papel para impressão por ano.

Usando um marcador especial, os leitores já podem marcar trechos de texto na tela e, ao tocar um anúncio, a site do anunciante se abrirá automaticamente.

O jornal estuda variar os anúncios publicados ao longo do dia. Além disso, a E Ink, empresa que desenvolveu a tecnologia das microcápsulas, estuda como fabricar uma tela colorida para o papel eletrônico.

23.2.06

Terremoto atinge região central de Moçambique

Um poderoso terremoto atingiu o centro de Moçambique, causando pânico em muitas cidades.
O tremor provocou confusão também na capital Maputo, que fica 500 quilômetros ao sul do epicentro.

Marcando 7,5 na escala Richter, o terremoto foi sentido ainda no Zimbábue e em partes da África do Sul.

Ainda não há relatos de vítimas ou estragos sérios.

Terremotos dessa magnitude são extremamente raros na costa leste do continente africano.

fonte:BBC

21.2.06

Ópera de graça, em Brasília

Cavalleria Rusticana é uma ópera clássica, que traz para o palco aspectos controversos da realidade humana.

O texto original do italiano Giovanni Verga foi transformada em ópera pelo também italiano Pietro Mascagni no século 19.

A UnB apresenta o espetáculo gratuitamente, nesta terça e quarta-feira, dias 21 e 22 de fevereiro, às 21h, na sala Martins Penna do Teatro Nacional, em Brasília.

A direção é do professor Marcos Mota, do Departamento de Artes Cênicas da instituição e conta, ao todo com 10 integrantes desse e dos Departamentos de Música e Artes Visuais.

A maior parte do texto, com duração de 58 minutos, é encenada, mas haverá também trechos de canções interpretadas por um tenor e por uma pianista.

A iniciativa faz parte de um projeto que já apresentou outras duas produções: Carmen e Bodas de Fígaro.

Não é necessário retirar ingressos antecipadamente, mas a entrada está sujeita à capacidade da sala com 437 lugares. A classificação etária é de 12 anos.
:: Informações pelos telefones 3307 2879, 3307 2320 e 3307 2026.

19.2.06

Autoridade do Irã na UnB

Nesta terça-feira, dia 21 de fevereiro, a UnB recebe a visita do presidente da Assembléia Consultiva da República Islâmica do Irã, Hadad Adel.

Às 17h, ele fará palestra Atualidades do Irã no auditório da Reitoria (3º andar). A assembléia é a casa parlamentar do país.

Na primeira visita ao Brasil, a UnB é a única universidade por onde Adel passará.

Ele fica no país até quarta-feira, dia 22, e nesse período se encontra também com os presidentes da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo, e do Senado, Renan Calheiros.

Nesta semana, o país ganhou destaque mundial ao confirmar a retomada das atividades de enriquecimento de urânio.

O trabalho acontece na usina nuclear de Natanz, sob ordem do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad.

O país deve negociar novamente com a Rússia a transferência dessas atividades para território do país europeu – proposta elaborada para diminuir o temor do Irã construir armas nucleares.

A palestra será realizada em língua persa com tradução simultânea para o português. A participação é aberta aos interessados, mas é necessário confirmar presença pelo telefone. O auditório tem lugar para 80 espectadores.
:: Informações pelo telefone 3307 2036.

6.2.06

Aldemir Martins morre em SP




DEH OLIVEIRA
da Agência Folha

O artista plástico cearense Aldemir Martins morreu, aos 83 anos, no início da noite deste domingo, após sofrer um enfarte em sua residência, na região do Ibirapuera (zona sul de São Paulo).



O pintor Aldemir Martins, que morreu aos 83 anos
Ele chegou a ser levado ao hospital São Luís, onde morreu. O corpo do artista vem sendo velado na Assembléia Legislativa do Estado desde 2h30 da madrugada desta segunda-feira. O enterro está previsto para acontecer às 16h, no cemitério Campo Grande, em Santo Amaro (zona sul).

Aldemir Martins nasceu no Ceará, na cidade de Ingazeiras, no Vale do Cariri, e mudou-se para São Paulo em 1946. Nas pinturas do artista, destacam-se imagens da região nordestina, como cangaceiros e rendeiras, e também animais, frutas e flores.

Em sua carreira, também atuou fazendo ilustrações para jornais e livros. O trabalho de Martins ganhou diversos prêmios, entre eles, o de melhor desenhista na Bienal de São Paulo de 1955, dividido com Carybé, e o prêmio de desenho na Bienal de Veneza, em 1956.

5.2.06

Combate à violência contra as mulheres

A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, órgão vinculado à Presidência da República, recebe até 15 de fevereiro propostas de apoio financeiro.



A prioridade será para projetos em duas áreas: prevenção e combate à violência contra as mulheres e incentivo à autonomia econômica das mulheres no mundo do trabalho.

No primeiro caso, o financiamento será concedido a projetos de implantação de centros de referência e casas-abrigo.

No segundo, para fortalecer o desenvolvimento de iniciativas que ampliem a autonomia econômica das mulheres, favorecendo sua participação no mercado de trabalho, ampliando suas oportunidades de acesso ao trabalho remunerado, em projetos coletivos e que tenham uma perspectiva de sustentabilidade própria, ampliação do público envolvido e alteração das relações de desigualdade entre mulheres e homens.

Os critérios para apresentação e admissibilidade dos projetos estão disponíveis em >www.presidencia.gov.br/spmulheres.