Blog Toques & Dicas da eNT www.nadiatimm.com

Blog Toques & Dicas, seção da Revista Eletrônica Nádia Timm - eNT

23.6.05

Fundo Brasil de Direitos Humanos

Um novo fundo de financiamento de organizações voltadas para a promoção e proteção de direitos humanos no Brasil será lançado em breve. Com dotação inicial de US$ 3 milhões (aproximadamente R$ 7,5 milhões), recursos vindos da Fundação Ford, o Fundo Brasil Direitos Humanos apoiará pequenas organizações não-governamentais e profissionais que desenvolvam trabalhos ligados ao tema.

A nova entidade será formada juridicamente como fundação até outubro e deve ser oficialmente lançada em dezembro. Algumas linhas gerais, entretanto, já foram traçadas. Os financiamentos terão como objetivo promover a sustentabilidade de instituições e financiar trabalhos que estejam ligados aos direitos humanos. O volume máximo de repasses será de aproximadamente US$ 20 mil. Por ano, devem ser doados entre US$ 300 mil e US$ 400 mil.

“Definimos esse perfil pois entendemos que as pequenas organizações são as que mais têm dificuldade de obter recursos. Muitas acabam dependentes de repasses do governo, e isso pode pôr em risco o trabalho delas”, explica Oscar Vilhena, diretor da Conectas Direitos Humanos e membro do conselho do novo fundo. Em relação aos profissionais, Vilhena afirma que serão beneficiados aqueles que apresentarem propostas de trabalho e não tenham como se sustentar para executá-las. O exemplo dado foi o de um fotógrafo que queira registrar situações de desrespeito aos direitos humanos e precise deixar seu emprego para levar a idéia adiante.

Ainda segundo Vilhena, o processo de seleção não será rígido. Não serão marcadas datas. As propostas que chegarem serão avaliadas por uma equipe de consultores, já que a idéia é manter uma estrutura interna bastante enxuta. “Nossa seleção será desburocratizada, pois queremos velocidade e qualidade”, diz. As escolhas serão feitas ao longo do ano que vem.

A expectativa é que o fundo cresça com doações de empresas e outras fundações. Em dez anos, pretende-se acumular cerca de US$ 20 milhões.

O Fundo Brasil de Direitos Humanos não terá vínculo com a Fundação Ford, que apenas fez a doação inicial para que ele caminhe sozinho.

De acordo com Vilhena, o fundo vai anunciar publicamente quando começar a selecionar projetos.

Marcelo Medeiros