Blog Toques & Dicas da eNT www.nadiatimm.com

Blog Toques & Dicas, seção da Revista Eletrônica Nádia Timm - eNT

30.5.05

Curso sobre produção gráfica editorial

Estão abertas as inscrições para o curso Produção Gráfica Editorial, que acontece a partir desta quinta-feira, na Universidade do Livro, vinculada à Fundação Editora da UNESP.

O curso aborda desde a anatomia do livro até o processo de produção, suas variáveis e mecanismos de controle. Envolve os processos de pré-impressão (texto e imagem, fotografia, ilustração, softwares de editoração eletrônica e tratamento de imagens), fotolitos e provas (sistemas analógico e digital - ctp/dtp); a impressão (sistemas, papéis e tintas de impressão); impressão em baixas tiragens (on demand); o acabamento (formatos, montagem dos cadernos, colecionamento e encadernação, acabamentos especiais); critérios para avaliação da qualidade do produto e critérios de escolha de fornecedores de material e serviços gráficos. Inclui, ainda, uma visita técnica a uma gráfica.

Ministrado por Márcia Signorini, arquiteta com mestrado e doutorado pela FAU/ISP, especializada em tecnologia gráfica, e diretora da Signorini Produção Gráfica, empresa de assessoria na área de produção gráfica editorial, Produção Gráfica Editorial é voltado para produtores gráficos, designers de mídia impressa, compradores e vendedores de serviços gráficos, editores, editores-assistentes, empreendedores e futuros empreendedores, estudantes de arquitetura, comunicação e editoração.e demais interessados.

As aulas acontecem nos dias 2, 7, 9, 14 e 16 de junho, 18h às 21h (exceto visita à gráfica), na sede da Universidade do Livro, Praça da Sé, 108 (Centro – São Paulo – SP). O custo é de R$ 290 (estudantes e associados pagam R$ 232).

Informações sobre reservas e inscrições podem ser obtidas pelo telefone (11) 3242-9555 e e-mail universidadedolivro@editora.unesp.br. O programa completo está acessível no site www.editoraunesp.com.br, link para Universidade do Livro.

29.5.05

Reinaldo Colucci é o melhor brasileiro no Ironman Brasil Telecom

Triatleta patrocinado pela Brasil Telecom terminou em quarto lugar na prova disputada neste domingo em Florianópolis


Florianópolis (SC) - O paulista Reinaldo Colucci, de apenas 19 anos, foi o melhor brasileiro no Ironman Brasil Telecom, a maior prova de triathlon da América Latina disputada neste domingo na praia de Jurerê, em Florianópolis (SC). Colucci (Brasil Telecom/Reebok) terminou em quarto lugar na classificação geral. É a segunda vez consecutiva que o triatleta consegue o melhor resultado para o Brasil – no ano passado, primeira participação dele no Ironman, terminou em oitavo. O alemão Olaf Sabatschus venceu pela segunda vez a prova (a primeira vitória foi em 2004).

A largada da competição foi dada pela presidente da Brasil Telecom, Carla Cico, por volta das 7 horas. Os 1.172 participantes de 41 países caíram no mar para enfrentar 3.800 metros de natação. Depois de quase uma hora de prova, pegaram as bicicletas para mais 180 quilômetros e finalmente chegaram os 42 km de corrida – a distância de uma maratona. O sol estava forte, mas os triatletas fizeram jus o nome da competição: “homem de ferro”.

“Não tinha treinado para provas de longa distância, mas as pessoas gritavam tanto o meu nome no meio do caminho que eu não podia decepcioná-las. A emoção era muito grande e esse melhor resultado do Brasil eu dedico a todos de Florianópolis”, disse Reinaldo Colucci depois de cruzar a linha de chegada com a bandeira do Brasil nas mãos. E a ajuda da torcida brasileira foi fundamental. "Dei uma quebrada no ritmo entre os quilômetros 25 e 35 da corrida e neste momento o apoio das pessoas foi bastante importante".

Reinaldo Colucci, no entanto, disse que não pensa, pelo menos no momento, em se dedicar a provas de longa distância. "Tenho treinado bastante para o triathlon olímpico, que é menor. Meu sonho é disputar os Jogos Pan-Americanos, no Rio de Janeiro, em 2007. É uma oportunidade ímpar na minha vida, já que o meu país talvez não venha a sediar outro evento deste porte durante a minha carreira", disse.

No feminino, a brasileira Sílvia Fusco, que correu a competição com patrocínio da Brasil Telecom, terminou em quarto lugar. A norte-americana Joanna Zeiger foi a primeira colocada. O amputado Rivaldo Martins, que corre com prótese numa das pernas, e Alexandre Ribeiro, ambos patrocinados pela Brasil Telecom, também terminaram a competição.

Os cinco melhores
Masculino
1. Olaf Sabatschus (Alemanha) - 8h50min56
2. Oscar Galindez (Argentina) - 9h00min02
3. Christian Bustos (Chile) - 9h02min13
4. Reinaldo Colucci (Brasil) - 9h03min26
5. Ivan Albano (Brasil) - 9h04min25

Feminino
1. Joanna Zeiger (Estados Unidos) - 9h29min43
2. Fernanda Keller (Brasil) - 9h37min46
3. Lauren Jensen (Estados Unidos) - 9h49min10
4. Sílvia Fusco (Brasil) - 9h50min08
5. Harsany Suzsanna (Hungria) - 9h52min23

27.5.05

Carta Aberta ao Prefeito de Goiânia, Dr. Íris Rezende Machado

Prezado Senhor,



Através do Oficio Nº 003/05 de 11 de fevereiro do corrente ano, encaminhamos ao Sr. Fernando Santana, secretário especial de governo, uma solicitação de audiência com V. Ex., no que até o momento não fomos atendidos. Tal solicitação deveu-se a necessidade de apresentar à V. Exa. o trabalho desenvolvido pela AAMAG junto ao Museu de Arte de Goiânia.



A Associação de Amigos do Museu de Arte de Goiânia, criada desde 1997, é uma entidade sem fins lucrativos que tem por objetivo incentivar e apoiar às atividades artísticas e culturais do MAG e, através de projetos e captações de recursos, muito contribuiu para que o Museu de Arte de Goiânia, atualmente, tenha uma Reserva Técnica exemplar, onde o patrimônio cultural artístico goianiense é bem acondicionado e devidamente conservado; para a climatização do espaço; aquisição de diversos equipamentos para atividades técnicas e de pesquisa e, vem, sistematicamente, apoiando todas as exposições e eventos que o MAG realiza mensalmente.



Neste momento, através de convênio com o Ministério da Justiça, e o Conselho Federal dos Direitos Difusos – CFDD, todo o acervo de arte do MAG foi fotografado. Esse projeto, além de documentar, garante a recuperação de qualquer obra do acervo em caso de roubos.



Essa carta aberta tem como objetivo manifestar à V.Ex. a estranheza e preocupação diante dos últimos acontecimentos envolvendo a mudança de chefia do Museu de Arte de Goiânia. Reconhecemos, antes de tudo, que mudanças fazem-se necessárias para que a administração possa seguir o rumo proposto. Porém, a administração pública é pautada pelos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e da eficiência.



Ora, o Museu de Arte de Goiânia, nos últimos anos, conseguiu se inserir no cenário das artes plásticas, tanto regional como nacional, graças ao trabalho desenvolvido pelos servidores, em sua maioria especialistas e, dentre eles, a diretora Deolinda Conceição Taveira Moreira, com ampla formação acadêmica na área. Ao que soubemos, a diretoria do museu, é uma função gratificada, de designação baseada em critérios técnicos através de decreto do Prefeito de Goiânia – CF/88- Art.37, inciso V, Lei municipal complementar Nº 011 de 11/05/92, art.82, parágrafo único e Lei Orgânica do Município de Goiânia, art.115, inciso XIV.



Assim, novamente reconhecemos que mudanças muitas vezes são necessárias; porém, manifestamos a nossa estranheza e preocupação, especialmente pela inexistência de um encaminhamento legal para a mudança desejada; bem como ações que acreditamos sejam precipitadas, tais como:

Emissão de portaria substitutiva, oriunda do secretário de cultura, indicando para função de confiança, um contrato de cargo comissionado.
Comunicação via telefone pelo Diretor Administrativo da nova lotação da servidora, sem documentação legal (decreto de dispensa da função de confiança e portaria designando uma nova lotação).
Retirada de folha de freqüência da servidora do local de trabalho.


Assim, solicitamos de V. Ex. especial atenção a esse caso, pois sabemos que o Museu de Arte de Goiânia não é apenas importante para a cidade, mas também para o senhor que, em agosto de 1969, elaborou e mandou publicar a sua Lei de criação.



Manifestamos o nosso apreço e também o nosso desejo de dar continuidade às parcerias entre a Associação de Amigos do MAG, o Museu de Arte de Goiânia e a Prefeitura de Goiânia, através da Secretaria de Cultura.



Atenciosamente,

26.5.05

Festival Internacional de Cinema Ambiental

Seis anos atrás, o Estado de Goiás fez a sua avant-première no cenário internacional, com a criação do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica). O festival inaugurou uma nova era no cinema goiano, reunindo atores, diretores e produtores de filmes e vídeos ambientais de dezenas de países, abrindo as cortinas do debate das idéias para uma importante questão: a preservação do patrimônio ambiental.

Oficinas

Na sua sétima edição (31 de maio a 5 de junho, na Cidade de Goiás), o Fica apresenta algumas novidades em relação às anteriores. Uma delas é a presença das oficinas de Cenografia e Direção de Arte, com Shell Júnior, e Edição, com João Paulo Carvalho. Com isso, haverá um total de nove dessas atividades:
1 - Roteiro e Direção (com Neide Duarte)
2 - Cenografia e Direção de Arte (Shell Júnior)
3 - Edição (João Paulo Carvalho)
4 - Fotografia de Cinema (Dibb Lutfi)
5 - Formatação de Projetos e Captação de Recursos (Débora Torres)
6 - O Fica que Fica em Goiás: a Presença dos Moradores da Cidade de Goiás no Festival (Angelita Lima)
7 - Fotografia para Crianças (Lisbeth Oliveira e Ana Rita Vidica)
8 - Cineclubismo (Antenor Júnior)
9 - O Cinema e o Outro (Marcelo Barros, Ana Penido e Tânia Coimbra).

Mostras de Cinema

Há mais novidades, como a Mostra de Cinema Português (com Lauro Antônio), a Mostra Doc TV Goyaz (com João Novaes – pela TV Cultura/TBC Cultura), Mostra ABD e a Mostra do Cinema Brasileiro. A Mostra do Cinema Brasileiro exibirá filmes como: Meu Tio Matou um Cara, de Jorge Furtado; Nina, Heitor Dhalia, e Glauber – Labirinto do Brasil, de Sílvio Tendler, entre outros.

Cinema Goiás/Portugal

Neste VII Fica está prevista a assinatura de Termo de Geminação entre a cidade de Seia, na Serra da Estrela (Portugal) e a Cidade de Goiás, envolvendo dois festivais ambientais, o Fica e o CineEco. A Mostra do Cinema Português é coordenada por Lauro Antônio, que já foi jurado em três edições do Fica. O cinema português vem contribuindo de forma relevante com o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), uma vez que há 10 anos na pátria de Camões se realiza o Festival Ambiental de Seia.

Cursos

- Cinema e Literatura no Brasil, com o professor Ismail Xavier (USP)
- Cinema Documentário, com o professor Fernão Ramos (Unicamp)
- Nelson Rodrigues e o Cinema, com a professora-doutora da Universidade Federal de Goiás (UFG)
- Crítica de Teatro com Carmelinda Guimarães.

Mesas-Redondas

- Desenvolvimento, Meio Ambiente e Cultura (com Aldo Arantes – Semarh, Osmar Pires – Agência Ambiental), Washington Novaes, Luís Fernandes (Ministério de Ciência e Tecnologia), Altair Sales (UCG), Leandro Gonçalves (UFG)
- Cinema e Educação Ambiental (Eliana França, secretária Estadual da Educação; Pedro Vieira, professor UEG, Antônio Alves, ambientalista do Acre, e Rodrigo Santana, ambientalista de Goiás)
- Perspectivas do Cinema Brasileiro, com Orlando Sena (MinC), Luís Carlos Lacerda (Abraci) e Mário Borgneth (TV Cultura, coordenador)
- A Imagem e a Mulher, com Thaís Corral (Rede Mulher), Valéria Braga (UFG) e Vera Lúcia Cardoso (Conem).

Palestras

- Cinema, Psicanálise e Ressentimento, com Maria Rita Khel, sob coordenação de Roberto Melo
- O Cinema, o Humor e a Criança, com Ziraldo, sob coordenação de Jorge Braga e Washington Novaes
- Documentários como Intervenção: como fazer filmes que influenciam políticas públicas, com Mike Pandey, considerado um dos maiores documentarista da Índia.

Empório Sebrae

Outra atividade do VII Fica será o II Empório Sebrae/Fica de Cinema e Vídeo. Trata-se de uma abrangente mostra audiovisual que confirma a qualidade e a diversidade das produções em áudio e vídeo desenvolvidas em Goiás e que resgata os valores artísticos, culturais, ambientais e históricos. A mostra tem como objetivo gerar negócios, dispor produtos, empresas e realizadores, com isso, gerar emprego e renda. O empório desponta como um grande mercado de produtos, serviços e negócios dentro do setor audiovisual de Goiás.

Homenageados

Em todas as suas edições, o festival homenageia personalidades da vida sociocultural goiana. Neste sétimo Fica, os homenageados são a cantora e folclorista Ely Camargo e o jornalista Washington Novaes, um estudioso das questões de meio ambiente. Cada um em sua área, ambos têm dado importante contribuição a Goiás. Edições anteriores prestaram homenagens a figuras como o indigenista Acary de Passos Oliveira, o escritor e jornalista Carmo Bernardes, a poetisa Cora Coralina, os cineastas José Petrillo, João Bennio e Nelson Pereira dos Santos, a musicista Belkiss Carneiro de Mendonça, as artistas plásticas Goiandira do Couto e Ana Maria Pacheco (goiana que mora em Londres), a atriz Glória Pires, a irmã Aspásia e a professora Brasilete Caiado. Na coordenação geral do evento, estiveram figuras renomadas como os cineastas João Batista de Andrade e Nelson Pereira dos Santos. Como convidados, passaram, entre outros, os atores José de Abreu, Cássia Kiss, Lucélia Santos, Stepan Nercessian, Glória Pires, Mateus Nachtergaele, Northon Nascimento e o cantor Orlando Morais.

Estímulo à arte

Em nome do cinema que defende a qualidade de vida na Terra, o festival é um palco de atrações culturais e artísticas, com estímulo à criação nas artes. Ao mesmo tempo, torna-se um importante ponto de encontro de gente interessante das artes, e ainda de áreas como meio ambiente, educação, comunicação e história, entre outras. Com isso, forma-se uma troca de conhecimentos, onde a informação é o ponto mais forte, num rico entrelaçamento com o público em geral. O estímulo à arte é uma tônica do Fica em toda a sua extensão. Cada edição do festival homenageia um artista plástico utilizando como cartaz uma de suas obras. Assim, foram homenageados Siron Franco, Antônio Poteiro, Ana Maria Pacheco, D.J.Oliveira e Roos. Esta sétima edição tem como homenageado Amaury Menezes, com a obra Vila Boa, em óleo sobre tela com dimensão de 0,90x0,70cm.

Shows

O VII Fica se diferencia dos demais por ter uma grande atração nacional não apenas no encerramento, mas já na abertura. Será o show de Almir Sater. Para fechar o evento, subirá ao palco a banda Os Paralamas do Sucesso. Pelas edições anteriores já passaram artistas como Gilberto Gil, Egberto Gismonti, Milton Nascimento, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Jorge Benjor, entre outros.

Política consistente

Embora a ênfase seja dada ao cinema, o Fica abre espaço para a música, a dança, as artes plásticas, a literatura, o teatro, a fotografia e outras manifestações culturais. Grande número de artistas regionais (principalmente da música) se reveza em atrações, até o último dia do festival. Para o presidente da Agência Goiana de Cultura (Agepel) Nasr Chaul, coordenador geral do Fica, o festival é uma demonstração plena do que significa uma política cultural consistente implantada pelo Governo do Estado, desde o início.

Júri Oficial

André Trigueiro (jornalista Globo News), Paulo Souza Neto (secretário Agenda 21), Tereza Sá (fotógrafa – Portugal), Gaetano Capizzi (presidente do Cinema Festival Ambiental – Itália), Anselmo Pessoa (professor UFG), Jean Claude Bernadet e Rubens Machado (professores da USP). O Júri de pré-seleção é integrado por Lisa França (presidente, professora da UFG), Luiz Araújo (professor UFG), João Novaes (documentarista), Roberto Melo (psicanalista) e Soraia Viana (professora UFG e Mestre em Cinema pela Unicamp). Atuam como consultores do VII Fica o professor Lisandro Nogueira (Cinema UFG) e o jornalista Washington Novaes. A coordenação geral é do professor e presidente da Agepel Nasr Fayad Chaul.

Crescimento

Criado em 1999, como mecanismo do Governo do Estado para inserir Goiás e suas potencialidades no contexto mundial, o Fica mudou a história do cinema na região. Desde seu início, o festival vem gerando benefícios reais para o Estado, como fomentar a cultura, com a valorização da criação em diferentes áreas, especialmente o cinema, com enfoque para a defesa da vida no planeta. Movimenta a economia, reaquece o turismo na Cidade de Goiás, gera empregos diretos e indiretos, além de outros significativos ganhos.

O festival vem apresentando uma trajetória de crescimento, atestada em números. A primeira edição (1999) foi vista por cerca de 50 mil pessoas. A versão de número seis (2004) teve público estimado em 180 mil pessoas. O I Fica contou com orçamento de R$ 820 mil (100% bancados pelo Governo do Estado). A edição de número seis teve R$ 1,7 milhão, com apenas 40% do Estado. Para este 2005, a VII versão do festival apresenta orçamento de R$ 2,5 milhões.

Uma realização do Governo de Goiás, tendo à frente a Agepel, o Fica tem como patrocinadores a Lei de Incentivo à Cultura, Celg, Saneago, Brasil Telecom, Tractbel Energia, Petrobrás e Biapó. Conta com o apoio de: Programa Produzir, Sebrae, Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Agecom, Prefeitura de Goiás, Pinuma, Quanta, Agência Ambiental, Goiás Fomento e Iphan.

Encontro internacional discute Semiosfera

O OKTIABR - Grupo de Pesquisa para o Estudo da Semiosfera do Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da PUC-SP - e o Centro Universitário Belas Artes realizam, no período de 22 a 27 de agosto de 2005, o I Encontro Internacional para o Estudo da Semiosfera.

O evento acontece no campus do Centro Universitário Belas Artes, em São Paulo, e vai contar com a participação de pesquisadores brasileiros e estrangeiros.

“Interferências das diversidades nos sistemas culturais” será o tema do encontro, que tem Boris Schnaiderman como presidente de honra e homenageia, in memorian, Mikhail Mikhalovich Bakhtin, Roman Osipovich Jakobson, Iúri Mikhailovich Lótman e Haroldo de Campos.

“Semiosfera” é o termo proposto por Iúri Mikhailovich Lótman para designar o campo de estudos semióticos voltado à compreensão dos encontros culturais.

A idéia geradora do conceito surgiu da necessidade de entender como diferentes culturas se relacionam e criam conexões que se traduzem em códigos, linguagens, sistemas de signos de grande complexidade. Para saber mais, veja artigo de Irene Machado sobre o tema, disponível no Fórum Pluricom.

O I Encontro Internacional para o Estudo da Semiosfera propõe como temário geral a discussão do campo conceitual da semiosfera; os entrecruzamentos teóricos; os mecanismos semióticos em espaços culturais; as emergências como manifestação da semiodiversidade no planeta, e os desdobramentos dos estudos sobre a semiosfera.

Estão previstos workshops com convidados internacionais, conferências, mesas-redondas, sessões de comunicação, painéis, exposição, e seminário de inverno com pesquisadores e o grupo OKTIABR.

Vários convidados internacionais já atenderam ao convite, como Kalevi Kull, Peeter Torop e Mihhail Lotman (Estônia), Winfried Nöth (Alemanha), Goran Sonneson (Suécia), Pampa Aron e Silvia Barei (Argentina), Manuel Cáceres Sánchez e Jorge Lozano (Espanha), Desidério Navarro (Cuba), além dos brasileiros José Luiz Fiorin, Lucia Santaella, Jerusa Pires Ferreira, Lucrécia Ferrara, Eduardo Peñuela Cañizal, Norval Baitello, entre outros.

Presidida pela Profa. Dra. Irene de Araújo Machado (COS/PUC-SP), a comissão científica aceita, até o dia 15 de junho, trabalhos de análise crítica e criativa que tratem de assuntos relacionados aos seguintes temas: diversidade; modelização; trânsitos culturais; natureza e cultura; fronteiras; conexões; imprevisibilidade; irregularidade; heterogeneidade; assimetria; tradução; hibridismo; entropia.

24.5.05

Vaga para área técnica de planejamento

A Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (Fase) abre vaga para cargo de técnico(a) em planejamento.

É necessário ter disponibilidade para contratação imediata; formação superior em ciências humanas; desejo de atuar em organizações sociais; boa capacidade de relacionamento interpessoal; domínio de aplicativos como planilhas eletrônicas, banco de dados e editores de textos e de ferramentas de comunicação eletrônica; capacidade de redação e formatação de relatórios para uso interno e externo; conhecimento básico de orçamento; facilidade para organização de eventos internos e boa capacidade de comunicação.

A Fase oferece contratação como funcionário com salário de R$ 2.508,20, dedicação de 40 horas semanais, plano de saúde extensivo a um dependente e seguro de vida. Os currículos devem ser acompanhados de uma carta de apresentação de no máximo duas páginas, justificando a candidatura ao cargo.

A documentação completa deve ser enviada para Rua das Palmeiras, 90, Botafogo, Rio de Janeiro (RJ), CEP 22.270-070, aos cuidados da UNIP, e para o correio eletrônico unip@fase.org.br, com o assunto Edital de Seleção, até o dia 31 de maio. As entrevistas serão realizadas de 6 a 15 de junho.

Nota de Desagravo

O Sindicato dos Médicos Veterinários de Goiás vem a público esclarecer que denúncias infundadas têm sido publicadas sem nenhuma comprovação contra médicos veterinários, zootecnistas e diretores do Parque Zoológico de Goiânia.

Gostaríamos de esclarecer que estes profissionais sempre apresentaram uma conduta técnica ilibada ao longo de suas vidas profissionais.

Foram realizadas denúncias sem embasamento e respeito de um suposto tráfico e maus tratos a animais no zoológico e sem a menor comprovação. Os meios de comunicação vêm publicando matérias absurdas, inclusive sem conhecimento dos preceitos legais e éticos que norteiam as profissões da Medicina Veterinária e Zootecnia.

A fonte destas denúncias é vazia, leiga, inconsistente e sem o menor lastro com a realidade.

Temos a certeza que os profissionais envolvidos saberão mostrar e provar à sociedade a grandeza e a seriedade da Medicina Veterinária e da Zootecnia.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Goiás atuará no momento devido e após a apuração dos fatos comprovará que a conduta dos profissionais envolvidos foi pautada na ética e nos respeito aos animais.

Sindivet, Sogove, Anclivepa, Azeg e CRMV-GO

23.5.05

Seminário aborda proliferação dos cursos de veterinária no Brasil

Em todo o país cerca de 5 mil médicos veterinários são graduados todos os anos, sendo 150 anualmente em Goiás.

Na última década, houve uma proliferação exagerada de faculdades que oferecem o curso no Brasil, o que vem acarretando na formação de profissionais com baixa qualificação técnica, que ficam inaptos para assumir suas funções no mercado de trabalho, já que grande parte é reprovada nos Exames de Qualificação Profissional.

Para discutir estes e outros assuntos acontece nos próximos dias 8, 9 e 10 de junho no Evidence Hotel, em Goiânia, o 14º Seminário Nacional do Ensino da Medicina Veterinária, uma promoção do Conselho Federal de Medicina Veterinária, em conjunto com o CRMV-GO.

Na oportunidade, será discutida a situação do ensino da veterinária no país, propostas para melhoria dos cursos e a reforma do Ensino Superior.

Pela primeira vez, esta edição do seminário acontece em parceria com o INEP/MEC – Instituto Nacional de Ensino de Projetos Educacionais, o órgão do MEC responsável pela avaliação de ensino superior.

O Seminário vai reunir diretores de Escolas de Veterinária, Faculdades, coordenadores de cursos, profissionais, professores e alunos. A previsão é que cerca de 200 pessoas participem do evento, inclusive com o médico Veterinário Francisco Orozco – da Espanha, que vai falar sobre Acreditação das Faculdades de Medicina Veterinária na Europa



Data: 8, 9 e 10 de junho de 2005.

Local: Bristol Evidence Apart Hotel - Av. Edmundo Pinheiro de Abreu nº 31 Lt. 11/20 - Setor Pedro Ludovico Goiânia/GO

Contato: Prof. Benedito Dias de Oliveira – vice-presidente do CRMV-GO e professor da UFG (organizador local) - 62 9975-9740 – 521-1585

Denise Duarte- Assessoria de Imprensa CRMV-GO – 62 9607-4978.

22.5.05

Cão Herói 2005

Concurso irá selecionar cães brasileiros que realizaram ações em benefício da sociedade





Já estão abertas as inscrições para o Concurso Cão Herói 2005. A ação é uma versão brasileira da Campanha Paws to Recognize, realizada anualmente nos Estados Unidos, resultado de uma parceria entre o Wal*Mart e a marca Pedigree®



O objetivo da iniciativa é homenagear cães que, por seu desempenho, quer seja através de operações de resgate, reabilitação ou, até mesmo de entretenimento, tenham contribuído de forma efetiva para com a sociedade. Não importa a área, e sim que esta atuação tenha resultado em um benefício concreto, mesmo que em prol de uma mudança comportamental, como foi o caso dos nossos Cães Heróis brasileiros eleitos em 2003 e 2004:



Para detectar potenciais candidatos ao título de Cão Herói Brasil 2005, estamos fazendo um levantamento junto aos meios de comunicação para detectar e convidar formalmente os cães selecionados através de contato formal junto a seus donos. Os candidatos poderão enviar dados sobre os cães, descrevendo suas ações, com e-mail e telefone de contato para o e-mail assessoria@materiaprimma.com. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 11 4221-1881



Ao todo, serão selecionados três cães, que passarão a ser considerados como candidatos. O perfil e feitos realizados pelos três cães serão divulgados em materiais impressos expostos e distribuídos nas Lojas da Rede Wal*Mart de todo o país, além dos meios de comunicação em geral.



O público é convidado a votar em um dos cães. Todos estão aptos a votar, não havendo nenhum tipo de restrição quanto à idade ou qualquer outra condição. As cédulas e urnas estarão disponíveis nas Lojas do Wal*Mart, no período de 15 de julho a 14 de agosto de 2005.



Após este período, as urnas serão recolhidas para apuração, em seção aberta ao público, com a presença de representantes dos candidatos, em local a ser informado.



A homenagem oficial ao Cão Herói Brasil 2005 consiste na entrega de uma medalha e na impressão das patas do animal e inscrição de seu nome, numa espécie de Calçada da Fama, em Washington, nos Estados Unidos.



CONHEÇA OS CÃES HERÓIS BRASILEIROS




- Choop, o Cão Herói 2004 é um Bernese Mountain Dog de um ano e meio, que iniciou suas atividades no Projeto Cão do Idoso, em janeiro de 2004, e tornou-se um dos melhores cães utilizados nas sessões de Fisioterapia Assistida por Cães, desenvolvida em parceria da UNISA e o Lar de Idosos Vivência Feliz, em São Paulo. Chopp participa dos exercícios com os idosos e sua atuação proporcionou ganhos físicos, emocionais, sociais e psicológicos ao grupo.



- GEM, o Cão Herói 2003, é um cão guia de cegos que, por sua disciplina e inteligência, demonstrou que é possível a um deficiente desta natureza freqüentar qualquer tipo de local público. Seu desempenho e garra de Ethel, sua dona, possibilitaram mudanças importantes na legislação e esta relação serviu de inspiração para o personagem deficiente visual da novela de Gloria Perez em cartaz, América.

21.5.05

De olho na inclusão



Cerca de três mil pessoas encerram nesse domingo, dia 22, a segunda edição do Encontro Afro Goiano/Encontro Nacional de Tambores, realizado pelo Sebrae em Goiás



Andrea Regis
da cidade de Goiás


Termina nesse domingo, dia 22, na cidade de Goiás, a segunda edição do Encontro Afro Goiano, que este ano prestigia o tema A Inclusão pelo Empreendedorismo Étnico-Cultural. Realizado pelo Sebrae em Goiás, simultaneamente ao Encontro Nacional de Tambores, o evento que começou na quinta, dia 19, deve reunir até o encerramento cerca de três mil pessoas.

Ano passado, na edição de estréia do evento, participaram 500 pessoas. Segundo Gilvane Felipe, superintendente do Sebrae em Goiás, a iniciativa integra as ações do programa Goiás é Bom Demais que, nada mais é, ainda de acordo com ele, uma versão goiana do programa Cara Brasileira, do Sebrae Nacional. "Apenas mudamos o nome, porque concluímos que a palavra cara não era bem aceita entre a comunidade local", explicou Gilvane no sábado, dia 21, durante o evento.

Na abertura, quinta-feira , dia 19, no Teatro São Joaquim, estiveram presentes quase 500 pessoas. Entre elas, participaram representantes de 47 comunidades e movimentos de afro-descendentes do Estado de Goiás, caravanas vindas de outras unidades da Federação e população local.

Na mesa de abertura, as seguintes autoridades a compuseram: Ubiratan Castro Araújo, presidente da Fundação Cultural Palmares e na ocasião representando o ministro da Cultura, Gilberto Gil; Gilvane Felipe, superintendente do Sebrae em Goiás; Raquel Teixeira, deputada federal e secretária de Estado da Ciência e Tecnologia; Marcelo Sáfadi, presidente da Agência de Turismo de Goiás (Agtur); Abner de Castro Curado, prefeito da Cidade de Goiás; Regina Célia Damasceno, diretora do Instituto de Artes Veiga Vale; e José Eduardo Pessoa de Andrade, representante da Secretaria Especial da Promoção da Igualdade e Inclusão Social da Presidência da República.
Sete conferências, 39 oficinas com diversos temas e apresentações artístico-culturais fizeram parte da programação do Encontro Afro Goiano, totalizando 700 horas de atividades. Até o sábado, às 10h40, estavam inscritas 2.190 pessoas no evento, além de 880 nas oficinas, realizadas em diversos pontos da cidade. Oitenta profissionais do Sebrae formaram a equipe de organização.


Entre os convidados para as mesas-redondas, estava o diretor da organização não-governamental Via Magia, Ruy César Silva. "Uma vez posto em prática, um evento como esse tem tudo para ser catalisador. O mais surpreendente é o sucesso de uma iniciativa em um Estado que não tem, pelo menos a olhos vistos, tradição na realização de eventos relacionados à cultura afro-brasileira", comentou.

A Ong Via Magia é responsável, entre outras empreitadas, pelo Fórum Mundial Cultural - que aconteceu ano passado em São Paulo, com a participação de três mil pessoas, e este ano está agendado para o segundo semestre, no Rio de Janeiro. Aos 25 anos de existência, tem sede em Salvador, Bahia, e escritório em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Além disso, trabalha com 400 escritórios associados, somente na América Latina. "Na Europa são outros 700", informou o diretor.

Ruy César fez questão de destacar seis áreas nas quais os afrodescendentes foram os grandes responsáveis por sua evolução no país. São elas: Turismo, Arte, Música, Moda, Conhecimento e Experiência. Para provar a premissa, ele contou que a Bahia recebeu, nos últimos tempos, aproximadamente quatro mil empreendedores, de origem afro, vindos dos Estados Unidos. A intenção dos estrangeiros é conhecer as raízes e tradições negras no Brasil, além de fechar negócios. “Há um grande desejo entre os afrodescendentes do mundo inteiro de se encontrarem, conviverem e fazer negócios”.

Na realização do evento, ao lado do Sebrae em Goiás, estão parceiros como a Fundação Cultural Palmares, MInistério da Cultura, Governo do Estado de Goiás, Agência Goiana de Turismo (Agetur), Agência Goiana de Cultura (Agepel), Escola de Artes Veiga Vale, Fórum de Entidades Empresariais em Goiás, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), prefeitura municipal da cidade de Goiás, Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade Católica de Goiás (UCG), Universidade Estadual de Goiás (UEG), Federação das Entidades Negras do Estado de Goiás, Federação de Umbanda e Candomblé e Grupo de Mulheres Negras Malunga.

20.5.05

JACQUES GIBOUT, DIRETOR GERAL DO MIPTV, PARTICIPA DO 6º FÓRUM BRASIL DE PROGRAMAÇÃO E PRODUÇÃO

Executivo responsável pelas feiras MIPTV, MIPCOM e MIPDOC, falará
sobre a atuação do Brasil no mercado audiovisual internacional




No dia 1º de junho (quarta-feira), o 6º Fórum Brasil de Programação e Produção, organizado pela Converge Eventos, contará com a participação internacional de Jacques Gibout, diretor geral dos principais mercados mundiais de conteúdo audiovisual (MipTV, MipCom e MipDOC). O executivo é o convidado especial para o debate "TV globalizada: explorando os mercados internacionais".



O palestrante apresentará um painel sobre as oportunidades do mercado internacional para a produção audiovisual de cinema e TV. A visão do mercado externo sobre a produção brasileira será um dos assuntos principais do palestrante, já que este ano devido às comemorações do "Ano Brasil-França", o MipCom, terá o Brasil como país a ser homenageado.



O debate abordará ainda quais são os principais obstáculos enfrentados e as soluções para superá-los, bem como as possibilidades de crescimento do mercado audiovisual. No mesmo dia, serão debatidos também temas como a viabilidade de produções regionais e a nova fase da relação entre cinema e TV.



Sobre os eventos


MIPTV - O MIPTV é o maior e mais tradicional mercado de produtos para televisão, sendo uma referência para a comercialização de conteúdos televisivos. Neste ano, no mês de abril, o MIPTV, que integrou o Mercado Internacional de Conteúdos Interativos (MILIA), levou a Cannes cerca de 3.600 compradores de todo o mundo e atraiu mais de 12.000 participantes, alcançando um faturamento superior a 2,3 bilhões de dólares.



MIPDOC - O evento, que também ocorre no primeiro semestre, é uma ampla vitrine de documentários e programas de não-ficção de todo o mundo e funciona como uma avant première para o MIPTV. Em sua última edição, o evento recebeu 525 delegações, de 61 países e atraiu mais de 22 mil participantes.



MIPCOM - O MIPCOM completará seus 20 anos em outubro deste ano. Este evento tem como tema as perspectivas do conteúdo audiovisual em função das diferentes mídias e tecnologias, como o cabo, a TV digital, o mercado de DVD, o celular. Reúne produtores e broadcasters interessados n a busca de novos conceitos e formatos, parcerias para co-produção, e financiamento para os projetos audivisuais. Em 2004, o MIPCOM contou com a presença de mais de 10 mil participantes, cerca de 3.200 compradores e 3.522 empresas, representando 95 países.




SOBRE O FÓRUM


Em sua sexta edição, o Fórum Brasil, promovido pelas revistas Tela Viva e Pay TV, explora o futuro da televisão brasileira em quatro fronteiras: a geográfica, a tecnológica, a de negócios e a de linguagem. Serão dois dias de apresentações e debates com a presença dos principais executivos e líderes da TV aberta, TV por assinatura, redes UHF, programadoras, produtoras audiovisuais, agências e anunciantes, fornecedores de tecnologia, governo e analistas.



O evento tem como público emissoras de TV aberta, grupos de mídia; programadoras de TV por assinatura; operadoras de cabo, MMDS e DTH; produtores independentes de TV, produtores de cinema, distribuidoras de filmes, agências de publicidade, anunciantes, fornecedores de tecnologia.



Os interessados em participar do evento podem obter informações no site www.convergeeventos.com.br, pelo telefone (11) 3120-2351 ou pelo email info@convergeeventos.com.br diretamente com a Converge Eventos, empresa responsável pela realização do IV Fórum Brasil.

18.5.05

UFF COMEMORA ANO MUNDIAL DA FÍSICA

Instituto de Física organiza programação integrando diversas atividades


No dia 19 de maio, o Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense apresentará uma extensa programação – com palestras e conferências sobre as mais importantes teorias de Einstein - abertas ao público em geral, como parte das comemorações do Ano Mundial da Física.

A "Vida e obra de Einstein" será o tema da conferência de abertura, proferida pelo professor José Antonio e Souza, especialista em cosmologia e radiação cosmica, às 10h, no Auditório do Instituto de Geociências – Campus da Praia Vermelha, Boa Viagem, Niterói. Além da vida e obra deste gênio, José Antônio irá falar sobre as mudanças dos paradigmas da Física através dos tempos e as influências de Einstein em outros ramos do conhecimento.

Haverá também um ciclo de palestras que tratarão dos temas "Relatividade Restrita", "Relativismo Geral" e "Movimento Browniano". As palestras serão proferidas pelos professores da UFF Marco Moriconi, Luis Oxman e Paulo Murilo Castro , respectivamente. Ao mesmo tempo, no saguão do Instituto de Geociências, ocorrerá a exposição "Experiências de Michelson-Morley e do Efeito Fotoéletrico".

Durante todo o ano de 2005, a Física vai realizar conferências, palestras, exposições e oficinas, ampliando sua programação anual, a fim de ressaltar a importância do evento em todo o mundo e no Brasil. Exemplo é a exposição "Física e Arte", que apresentará quadros e experimentos de Física, dias 23, 24 e 25 de maio, das 14 às 17h, no Centro de Artes da UFF, no prédio da Reitoria, rua Miguel de Frias, 9.

A agenda de atividades pode ser conferida no site: www.if.uff.br ou pelo telefone 2629-5827.



Instituto de Física da UFF

Atualmente, o IF-UFF conta com cerca de 40 pesquisadores do CNPq e uma produção acadêmica de mais de 100 trabalhos em revistas internacionais. O seu curso de Mestrado e de Doutorado são reconhecidos como os melhores do país. O Instituto desenvolve pesquisa científica de ponta em Sistemas Complexos, Magnetismo, Nanociência, Física Núclear e de Plasmas, Informação Quântica e Novos Materiais.

Ano Mundial da Física

O ano de 1905 foi o "annus mirabilis" (em latim, ano miraculoso) de Albert Einstein. De março a setembro de 1905, Einstein publicou cinco artigos que revolucionaram os conceitos da Física: a quantização da luz (a luz com propriedades de partícula), proposta para a obtenção das dimensões moleculares da matéria, e finalmente a destruição do conceito absoluto de espaço e tempo.

Em 2001, as Sociedades de Física de todo o mundo propuseram que o ano de 2005, quando festejamos os 100 anos dos artigos de Einstein, fosse considerado o Ano Mundial da Física ("World Year of Physics" - WYP2005). A International Union of Pure and Applied Physics (IUPAP) e a ONU também aprovaram esta resolução.

O objetivo do Ano Mundial da Física é chamar a atenção do público em geral, e do jovem em particular, para o desenvolvimento da Física e suas aplicações tecnológicas que causaram enorme impacto no desenvolvimento mundial no século XX e no início do XXI, interferindo na vida cotidiana em diversas situações, como: falando em telefone (fixo ou celular), usando transporte terrestre e/ou aéreo, assistindo televisão, fazendo exames de tomografia e etc...

As atividades do Ano Mundial da Física no Brasil estão sendo coordenadas pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), com o apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT).

------------------
Cronograma:

*Exposição "Experiências de Michelson-Morley e do Efeito Fotoelétrico"
Data: 19/05/2005
Horário: 9:00h às 18:30h
Local: Saguão do Instituto de Geociências
Comissão Organizadora da Exposição: Prof. Carlos Alberto Faria Leite (IF-UFF), Prof. Roberto Meigikos dos Anjos (IF-UFF), Prof. Paulo Acioly Marques dos Santos (IF-UFF).



* Conferência "Vida e Obra de Einstein"
Data: 19/05/2005
Horário: 10:00 às 11:00 h
Local: Auditório do Instituto de Geociências
Conferencista: Prof. José Antonio e Souza (IF-UFF)



* Palestras:
- "Relatividade Restrita"
Data: 19/05/2005
Horário: 14:00 às 15:00 h
Local: Auditório do Instituto de Geociências
Palestrante: Prof. Marco Moriconi (IF-UFF)

- "Relatividade Geral"
Data: 19/05/2005
Horário: 15:00h às 16:00 h
Local: Auditório do Instituto de Geociências
Palestrante: Prof. Nivaldo Lemos (IF-UFF)

- Intervalo
Data: 19/05/2005
Horário: 16:00h às 16:30 h
Local: Saguão do Instituto de Geociências

- "Movimento Browniano"
Data: 19/05/2005
Horário: 16:30 às 17:30 h
Local: Auditório do Instituto de Geociências
Palestrante: Prof. Kaled Dechoum



* Solenidade de Abertura do Ano Mundial da Física no IF-UFF
Data: 19/05/2005
Horário: 18:00h
Local: Auditório do Instituto de Geociências
Mesa de Abertura: Diretor do IF; Chefe do Departamento de Física; Coordenadores dos Cursos de Pós-Graduação e Graduação em Física; Diretor do CEG; Pró-Reitores e Reitor UFF e outras autoridades do município de Niterói e do Estado do Rio de Janeiro.

17.5.05

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PARA HOMEOPATAS

Homeopatas que buscam atualização e aprofundamento em homeopatia e suas aplicações poderão inscrever-se no curso de pós-graduação promovido pela ABRAH – Associação Brasileira de Reciclagem e Assistência em Homeopatia, com turmas que começam a partir de 18/06 – na UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ministrado sob a coordenação do Prof. Dr. Romeu Carillo Jr., considerado uma das maiores autoridades na área, além de autor de diversas obras e trabalhos científicos, a abordagem de suas aulas, visa a integração dos conhecimentos atuais com os da Medicina Tradicional, focando a revisão da Medicina Atual com base na Homeopatia, tendo como objetivo principal a racionalização da prescrição médica.

O curso tem duração de um ano (básico) e dois anos (avançado), com um módulo por mês. Aulas práticas serão realizadas na Liga Homeopática do RS, em atendimento ambulatorial. Para maiores informações e inscrições entrar em contato com Maria Tereza no telefone (51)99758332 ou 32414868. E-mail: abrah@ig.com.br ou no site www.abrah.com.br.

15.5.05

Concurso de professor, na UnB

A UnB inicia nesta segunda-feira, dia 16 de maio, as inscrições para seis concursos de professor adjunto e titular, todos com dedicação exclusiva. Essa é a primeira fase das 69 vagas que a universidade preencherá até o fim do ano. O salário inicial para o cargo de adjunto é R$ 5.100,30 e de titular, R$ 6.555,11. As inscrições custam R$ 120,00 e R$ 160,00, respectivamente. Como são áreas diferentes, os prazos e locais mudam de acordo com a opção. Os editais completos dos concursos estão no site da UnB no endereço www.unb.br/srh/editais.htm. Veja os detalhes de cada uma:

– Departamento de Ciência da Informação e Documentação: vaga para professor adjunto de Arquivologia. O candidato deve ter título de doutor em Ciência da Informação, História, Memória Social e Documento ou áreas afins. Inscrições até 15 de junho na secretaria do departamento (no mesmo prédio da Biblioteca Central da UnB) de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 14h às 16h. Informações pelo telefone 307 2422;

– Teoria Literária e Literaturas: duas vagas para professor adjunto de Literatura Brasileira. O doutorado pode ser em Literatura Brasileira, Teoria Literária ou Literatura Comparada. As duas últimas se relacionadas à Literatura Brasileira. Inscrições até 30 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h no mezanino do ICC Centro (sala B-1 305). Informações pelo telefone 273 7016;

– Departamento de Engenharia Florestal: uma vaga para compor o cadastro reserva para professor adjunto na área de Solos Florestais e Recuperação de Áreas Degradadas. É preciso ter doutorado em Ciências Florestais ou áreas afins. Inscrições até 17 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no prédio da Faculdade de Tecnologia (FT). Informações pelo telefone 273 6026;

– Centro de Desenvolvimento Sustentável: uma vaga para professor adjunto de Política e Gestão Ambiental. É preciso ser doutor na área interdisciplinar de Meio Ambiente ou em Biologia, Ecologia, Geografia, Sociologia, Antropologia, Economia, Direito, Geologia, Ciência Política, Educação, História ou Filosofia. Inscrições até 17 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h, no Setor de Autarquias Sul, quadra 5, Bloco H, 2º Andar (edifício da Superintendência do Ibama). Informações pelo telefone 322 2550;

– Departamento de Serviço Social: uma vaga para professor titular nas áreas de Serviço Social e Política Social. É preciso ter doutorado e ser professor titular ou adjunto em instituições de ensino superior ou ter título de livre-docente. Inscrições até 17 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 14h às 16h, na secretaria do departamento (mezanino do ICC Central). Informações pelo telefone 307 2290;

– Departamento de Engenharia Elétrica: uma vaga para professor adjunto de sistemas elétricos de potência. É preciso ter doutorado na área. Inscrições até 27 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Faculdade de Tecnologia (FT). Informações pelo telefone 273 5977.

14.5.05

Vagas para assessoria de desenvolvimento, em Moçambique

A Mellemfolkeligt Samvirke, associação dinamarquesa para a cooperação internacional que tem por objetivo promover o entendimento e a solidariedade entre as pessoas e contribuir para o desenvolvimento global sustentável, têm quatro vagas para o cargo de assessoria de desenvolvimento, para atuar junto aos seus parceiros em Moçambique.

Os interessados podem obter informações sobre qualificações, habilidades requeridas, descrição dos cargos e organizações parceiras da MS, bem como os formulários para envio de currículo e carta de apresentação em www.gapabahia.org.br/selecao.

Detalhe importante: só podem se candidatar pessoas que morem na Bahia, Sergipe ou Pernambuco.

Bolsa para profissionais, no Uruguai

O Instituto para a Conectividade nas Américas (ICA) e o Escritório Regional do Centro Internacional de Pesquisas´para o Desenvolvimento (IDRC) em Montevidéu, Uruguai, oferecem bolsas para pessoas com formação em ciências sociais, economia, comunicação, informática ou áreas relacionadas.

A pessoa selecionada dará apoio às atividades de gestão e desenvolvimento de projetos em tecnologias de informação e comunicação (TICs), com supervisão pessoal do ICA. Entre as atividades estão avaliação, desenvolvimento e acompanhamento de projetos; estabelecimento de relações de intercâmbio com outras instituições; fortalecimento de redes de especialistas e líderes regionais da área das TICs; promoção e difusão das atividades da ICA na região.

As inscrições podem ser feitas até o dia 23 de maio, em www.icamericas.net/index.php?module=htmlpages&func=display&pid=157.

12.5.05

Concurso de música clássica

Estão abertas as inscrições para o "Festival Jovens Intérpretes de Francisco Mignone". Promovido pelo Espaço Cultural FINEP em parceria com o Centro Cultural Francisco Mignone, o concurso premiará os melhores jovens intérpretes do compositor brasileiro.

Músicos com idade entre 10 e 30 anos têm até o dia 30 de julho para se inscrever no evento, que acontece nos dias 6, 13, 20 e 27 de setembro. Além de prêmios em dinheiro, os candidatos concorrem à apresentações nas séries Concertos FINEP 2006 e Brasiliana 2006, esta última realizada pela Academia Brasileira de Música.

O encerramento do Festival ocorre no dia 4 de outubro, com recital dos três primeiros colocados e entrega dos prêmios aos participantes.

Para participar, interessados devem preencher e entregar, pelo correio, a ficha de inscrição e um mini-currículo. A ficha, assim como o regulamento, está disponível no Portal FINEP www.finep.gov.br. Mais informações com Helder Castro, pelo tefefone (21) 2555-0717.

11.5.05

19o Festival Universitário de Teatro de Blumenau

A comissão de seleção do 19 Festival Universitário de Teatro de Blumenau, divulgou os 14 espetáculos escolhidos para o evento.
No período de 08 a 16 de julho os 14 grupos estrão se apresentando nas duas mostras.
Na Mostra Competitiva, participam grupos exclusivamente de universidades:
1) Exceção e a Regra – Universidade Federal de Minas Gerais - MG 2) 5PSA – O Filho – Universidade de São Paulo - SP
3) A Mais Forte o Nosso Corte – Universidade de Brasília - DF
4) Barrela – Universidade Federal de Uberlândia - MG
5) Timbre de Galo – Universidade de Passo Fundo - RS
6) Beckett às Avessas – Universidade de Brasília - DF
7) Hagënbeck Ltda.-Universidade do Estado de Santa Catarina - SC

Os suplentes na ordem que segue:
1) A História do Zoológico - Universidade da Região de Joinville - SC
2) Capital - Universidade de Brasília – DF
3) Roda Viva - Universidade Federal de Minas Gerais - MG.

A Comissão indicou para a Mostra Paschoal Carlos Magno os seguintes espetáculos:
1) Sete Contra Tebas – São Paulo - SP
2) O Cabra Que Matou as Cabras – Goiânia - GO
3) Agora e na Hora da Nossa Hora – Campinas - SP
4) La Balsa de La Medusa – Buenos Aires - Argentina
5) O Patinho Feio, Jaraguá do Sul - SC
6) A Cerca de La Estrategia – Tucumán - Argentina
7) Esperando la Lluvia – Buenos Aires - Argentina.

E como suplentes Nacionais
1) Véspera – Campinas - SP
2) Bicho Corre Hoje – Curitiba – PR
Suplentes Internacionais
1) Los Demonios – Tucumán - Argentina
2) Soldadito de Plomo a La Gorda Azul – Santa Fé - Argentina

Além das duas mostras tradicionais o 19o FUTB traz, pelo segundo ano consecutivo a Mostra Blumenauense voltado exclusivamente aos grupos da cidade.

7.5.05

Prêmio para estudantes de arquitetura

Os estudantes de arquitetura terão até o dia 12 de mai para se inscreverem no 3º Prêmio Nacional de Pré-fabricados de Concreto, promovido pela Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Associação Brasileira de Construção Industrializada em Concreto (ABCIC) e Instituto Brasileiro de Arquitetos de São Paulo (IAB-SP).

O prêmio é uma iniciativa do setor da construção industrializada para disseminar as novas tendências da construção civil nas universidades. Para ganhar, os futuros arquitetos terão que desenvolver projetos de edificações com tema livre, a partir de componentes industrializados de concreto pré-fabricado existentes ou não no mercado. Ganha a criatividade.

Os prêmios serão entregues durante o Encontro Nacional de Estudantes de Arquitetura (ENEA 2005) que será realizado, em julho, em São Paulo.

As inscrições poderão ser feitas nos sites das entidades organizadoras: www.abcic.org.br, www.abcp.org.br ou www.iabsp.org.br .